OPINIÃO -
O futuro do marketing…

Vivemos num tempo de grandes desafios que passam pela procura do equilíbrio entre a prosperidade, sustentabilidade a dinâmica digital crescente, na medida em que é fundamental agregar e conciliar cinco gerações de consumidores,  (baby boomers (1940-60) , geração X (1961-1980), gerações y (1981-1997) gerarão Z (1998-2009) e geração alfa (a partir de 2010…) convivendo em simultâneo, com diferentes necessidades, condições económicas e perspetivas, gerando naturalmente, algumas perplexidades, dificuldades de interação e compreensão mútuas.

As desigualdades digitais, trazem também, novos desafios como, a privacidade e gestão de dados pessoais pelas empresas, o emprego no futuro, a tecnologia ao serviço da melhoria da qualidade de vida e as ferramentas digitais, cada vez mais relevantes na procura constante do equilíbrio entre a satisfação dos diferentes e exigentes clientes, com maior poder de compra (através dos produtos de luxo) e um grande mercado mais massificado onde o propósito consiste em produzir produtos com uma boa relação qualidade/preço.

A necessidade de um crescimento sustentável e o surgimento da recente pandemia apresenta-nos novos e diferentes desafios como; aquisição de produtos básicos e de baixo preço, (removendo as características supérfluas apostando nos benéficos centrais dos produtos), através de produtos amigos do ambiente, promovendo práticas de comercio justo e de fornecedores locais, valorizando a ética e os valores humanos. 

PUBLICIDADE

O marketing 5.0 surge na procura constante do equilíbrio entre humanização e tecnologia, de forma a criar, aplicar, comunicar e acrescentar valor, envolvendo os consumidores e clientes em constante co-criação, utilizando a next tech (nova tecnologia) a inteligência artificial, processamento de linguagem natural, tecnologia de sensores, automação, robótica, a robotização, a internet das coisas e blockchain, a realidade virtual e aumentada, o neuromarketing, etc…

Segundo Iwan Setiawan, um dos autores do livro “Marketing 5.0”, os 5 elementos relevantes na atualidade são: marketing baseado em dados; marketing preditivo; marketing contextual; marketing aumentado e marketing ágil. 

Neste sentido, o marketing baseado em dados – procura através da recolha de dados, através da web potenciar a jornada do cliente numa estratégia inbound marketing; marketing preditivo – aproveitar as oportunidades de upsell e cross-selling para fidelizar os clientes, criar produtos com valor acrescentado e conteúdo digital relevante; marketing contextual – utilizando a Internet das coisas para conhecer e aprender com o cliente interagindo de forma personalizada; marketing aumentado – através da captura de leads procurando através de conteúdo, material e conversas, através, por exemplo, do chatbot, obter a confiança do cliente e o marketing ágil – através da experimentação relevante e atempada, com obtenção de dados em tempo real e obtendo a satisfação contínua dos clientes.