REGIÃO -
Prisão preventiva por injúrias, ameaças e agressão a soco a agente da PSP em Guimarães

A PSP deteve na tarde da passada sexta-feira um homem, de 44 anos, por injúrias, ameaças e agressão a agente de autoridade em Guimarães.

Num comunicado, esta segunda-feira a Polícia informa que, através de um alerta por telefone, teve conhecimento da existência de uma desordem numa instituição bancária, na rua Gil Vicente, tendo um elemento policial se dirigido para o local, onde verificou que no lado oposto à instituição bancária, um indivíduo completamente alterado, a gesticulava com um casal.

“O agente aproximou-se do suspeito, apelando à sua calma, bem como a tentar inteirar-se do sucedido, tendo o suspeito, um cidadão com 44 anos de idade, começado a injuriar e ameaçar o elemento policial, gesticulando com o punho cerrado, ameaçando-o de que lhe partia a cabeça, chegando mesmo a dar-lhe um empurrão”, reporta a PSP

PUBLICIDADE

“O agente apelou novamente à calma, mas o mesmo encontrava-se completamente descontrolado, tendo-lhe mesmo desferido um soco no pescoço”, acrescenta o comunicado.

O indivíduo foi detido, “no entanto, por ser uma pessoa extremamente violenta, só foi possível proceder à sua algemagem, com a ajuda de mais dois elementos pertencentes a esta Polícia e mais dois elementos pertencentes à GNR, que por coincidência estavam a passar no local”.

O homem está referenciado por vários ilícitos criminais, estando neste momento a cumprir a medida de coação domiciliária, com vigilância electrónica, tendo desrespeitado a referida medida.

O elemento policial na sequência da agressão de que foi vítima, teve que receber tratamento hospitalar.

O detido foi presente junto do Tribunal Judicial de Guimarães, tendo-lhe sido aplicada a medida de prisão preventiva.