PAÍS – Sindicato de motoristas de matérias perigosas entregou pré-aviso de greve para 23 de Maio

PAÍS –
Sindicato de motoristas de matérias perigosas entregou pré-aviso de greve para 23 de Maio

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) entregou esta quinta-feira o pré-aviso de greve que começa a 23 de Maio por tempo indeterminado, afirmou o seu presidente.

“Não há qualquer fim à vista para a greve, depende das negociações”, afirmou à Lusa o presidente do SNMMP, Francisco São Bento.

PUBLICIDADE

Até terça-feira, corriam bem as negociações entre o sindicato dos motoristas e a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM), tendo nesse dia o sindicato anunciado que as partes tinham chegado a um pré-acordo e estava afastada até ao final do mês a possibilidade de greve.

Mas a ANTRAM fez um comunicado oficial na sua página onde menciona que o salário teria 700 euros de valor base a assentar nos trâmites em vigor no actual contrato colectivo de trabalho. “Não foi isso que ficou em cima da mesa e considerámos que há aqui uma quebra de confiança negocial, e decidimos avançar com a greve”, explicou Francisco São Bento.

O pré-acordo entre patrões e sindicato dos motoristas, segundo Francisco São Bento, era de um salário de 1.200 euros, a atingir de forma gradual no prazo de três anos, e não de 700 euros.

O caderno reivindicativo dos motoristas incluí, além de uma remuneração base de 1.200 euros, um subsídio de 240 euros e a redução da idade de reforma.