TERRAS DE BOURO

TERRAS DE BOURO -
Assembleia Municipal de Terras de Bouro aprovou documentos de prestação de contas respeitante a 2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Assembleia Municipal de Terras de Bouro aprovou, por maioria, os documentos de prestação de contas respeitante ao ano de 2021. A votação não registou qualquer voto contra, tendo existido duas abstenções, manifestadas pelos representantes do Partido Socialista. A sessão teve lugar na noite desta sexta-feria no Auditório do Centro de Animação Termal da Vila do Gerês.

Nos documentos apresentados pelo presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro, Manuel Tibo, foi anunciado o resultado líquido negativo no exercício de 2021 no valor total de 433.852,02€. Destas despesas, destacam-se valores como os mais de 2 milhões de euros investidos na elaboração de obras municipais, onde se incluem a rede pedonal ou a requalificação de vias municipais. 

Ainda na prestação de contas, de realçar também o investimento de cerca de 136 mil euros na realização de eventos ou projectos realizados em Terras de Bouro e também, face à situação pandémica registada no último ano, o valor de 68.431 euros para despesas associadas aos transportes para a vacinação ou aquisição de testes e equipamentos de protecção individual. 

PUBLICIDADE

Manuel Tibo referiu também que existiu um «aumento considerável» no que diz respeito aos apoios e subsídios às freguesias ou associações da região. Já como principais fontes de financiamento, o autarca destacou o valor de mais de um milhão de euros proveniente do IMI, IMT e IUC e ainda as transferências recebidas respeitantes ao apoio por parte do Orçamento de Estado, que inclui o valor total de 9.592.008 euros. 

Como conclusão dos resultados apresentados, o o presidente da autarquia realçou a descida da margem de endividamento durante o período do ano de 2021, estando esta fixada em cerca de um milhão e novecentos mil euros para a autarquia. 

Em relação às apreciações das actividades do município durante o ano, Manuel Tibo começou por destacar «o protocolo criado com a ordem dos psicólogos portugueses» e as «várias acções de solidariedade promovidas pela Câmara Municipal» face à situação da guerra na Ucrânia.

Para além disso, Tibo recordou «os fins-de-semana gastronómicos que se realizaram a 26 e 27 de Março, com grande adesão» e a celebração do Dia Mundial da Árvore e da Água, iniciativas essas que considera «muito importantes», pelo facto de Terras de Bouro ser «um conselho onde o ambiente e o turismo são as suas maiores marcas»

A visita do Porto Canal ao concelho, criando uma reportagem sobre Vilarinho das Furnas, também foi mencionada, cenário que «ajudou a promover o município», a par da visita do Ministro do Ambiente e da Acção Climática, que decorreu a 19 de Março.

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO Á ESTERILIZAÇÃO DE CÃES E GATOS

Por fim, um dos últimos pontos em análise na ordem de trabalhos tratou-se da análise e votação do Regulamento Municipal de Apoio à Esterilização da Canídeos e Gatídeos de Terras de Bouro, onde Manuel Tibo explicou que se trata de «uma forma de regular este processo», dando aos munícipes o «apoio necessário para procederem à esterilização dos animais em questão». 

O ponto foi posteriormente a votação tendo sido aprovado por unanimidade, tal como aconteceu na análise da Adenda ao Aditamento ao Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências da Comunidade Intermunicpal do Cávado.   

A sessão ficou concluída cumprindo-se um minuto de silêncio e um voto de pesar pelo falecimento de José Maria de Freitas, presidente da junta de freguesia da Ribeira de 1988 a 2000, e de Aníbal Martins da Costa, presidente da assembleia de freguesia de Vilar da Veiga entre 2007 e 2009.

 

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS