SAÚDE -
Barcelos e Braga promovem rastreio HIV e hepatites até dia 27

Braga e Barcelos recebem, entre esta sexta-feira e o próximo dia 27, a campanha de rastreio do VIH – vírus da imunodeficiência humana que causa a SIDA- e hepatites, associando-se à Semana Europeia do Teste VIH-Hepatites. A testagem -gratuita, rápida e anónima – surge na sequência do encerramento ou redução das unidades de saúde devido à pandemia de covid-19.

Em Barcelos, o rastreio é assegurado através do projecto SER – Saúde em Equipa de Rua da Médicos do Mundo, em Braga pela Associação Abraço

Organizada pela EuroTest, a Semana, que se realiza em Portugal pelo oitavo ano, lembra que os efeitos da pandemia da covid-19 são visíveis em todos os sectores da sociedade. No entanto, as populações em maior risco para a infecção pelo VIH, hepatites virais, tuberculose e infecções sexualmente transmissíveis, nomeadamente os homens que têm sexo com homens, pessoas migrantes, pessoas que fazem trabalho sexual, pessoas trans e pessoas que usam drogas, dado um conjunto de factores sociais e económicos, permanecem particularmente vulneráveis.

PUBLICIDADE

“O encerramento, suspensão ou redução de serviços direccionados a estes grupos limitou o acesso à prevenção, rastreio e ligação aos cuidados de saúde”.

Referindo que “as organizações da sociedade civil que trabalham na área da saúde em Portugal têm feito um esforço para adaptarem os seus serviços de forma a continuarem a responder às necessidades destas populações”, os responsáveis da campanha afirmam  que “com limitações, muitas destas organizações permanecem activas na oferta de serviços que incluem o rastreio a infecções sexualmente transmissíveis, consultas médicas e de enfermagem presenciais ou por telemedicina, referenciação e ligação a cuidados de saúde, distribuição de preservativos e gel lubrificante, materiais para consumo mais seguro e programas de substituição opiácea”.

A Semana que decorre igualmente de 20 a 27 deste mês, marca novamente o compasso de uma iniciativa conjunta que reúne diferentes parceiros da área da saúde pública europeia e une esforços desde 2013 com o objectivo de “promover o rastreio atempado e literacia em saúde”.

Em Portugal, as organizações membro da Rede de Rastreio Comunitária e associações que se juntam à iniciativa destacam “a importância da manutenção destes serviços e a remoção de qualquer barreira no acesso a cuidados de saúde”.

SEMANA INTERNACIONAL

Também nesta data, e consequência do trabalho que o GAT desenvolve com a Coalition Plus há 11 anos, está a ser organizada a primeira edição da Semana Internacional do Teste em todos os membros parceiros da Coalition Plus, de 23 a 27 de Novembro.

Através da Rede Lusófona, o GAT está a promover o aumento da cobertura e a reforçar a importância da disponibilização para todos do rastreio em contexto comunitário. Em parceria com organizações de base comunitária, A Semana tem por objectivo “a remoção de qualquer barreira que permaneça no acesso aos serviços de saúde e reforçar o apoio para que as populações em maior risco se mantenham uma prioridade, e se consiga alcançar os objectivos traçados pelas Nações Unidas até 2020, para que a epidemia do VIH possa ser eliminada, enquanto problema grave de saúde pública, até 2030”.

NÚMEROS

Segundo dados da ONU, 95% das pessoas que vivem com VIH conhecem o seu estatuto serológico positivo, 95% das pessoas que vivem com VIH está sob tratamento anti-retroviral, a mesma percentagem das pessoas sob tratamento anti-retroviral tem carga viral indetectável.

A EuroTest é a plataforma europeia para troca de informações e actividades para melhorar o diagnóstico precoce e o tratamento do HIV, hepatite viral, infecções sexualmente transmissíveis e tuberculose.

A plataforma está envolvida em vários projectos e colaborações no âmbito dos testes de doenças infecciosas e ligação para cuidados com parceiros em toda a Europa.

 

Vídeo https://youtu.be/733mOScbPTs