BRAGA

BRAGA -
Trilho pedestre, novo circo e concerto de música clássica convidam a Descentrar em Sobreposta

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um trilho pedestre, um espectáculo de novo circo e um concerto de música clássica são as propostas culturais para o próximo Descentrar, que animar a freguesia de Sobreposta (Braga) no sábado, a partir das 15h00.

A jornada arranca, pelas 15h00, com o Trilho dos Moinhos de Portuguediz, pela iTINERIS. Os Moinhos de Portuguediz acompanham o rio da Várzea (popularmente conhecido como ‘rio Febras’) entre os concelhos de Braga e de Guimarães.

Ao grande número de moinhos junta-se uma enorme eira comunitária nas suas proximidades, ilustrando a grande produção de cereais obtida no planalto agrícola desde a Serra dos Picos.

Adaptando o trajecto da Grande Rota da Serra dos Picos para um trajecto que possa ser percorrido em cerca três horas, ao longo de 6 quilómetros, esta caminhada tem como principais motivos de interesse: os moinhos, a cascata de Portuguediz, a eira comunitária e a igreja de São Tomé da Lageosa.

Pelas 17h00, no adro da Igreja de Sobreposta, decorre o espectáculo de novo circo ‘Back2Classics’, do Planeta Trampoli.

Um espectáculo de trampolim próximo e intimista para toda a família onde o circo clássico se funde com as culturas urbanas através da dança, da música e da arte do ‘turntablism’ (manipular sons e criar música com discos de vinil). Uma proposta onde o trampolim assume uma vida própria no meio da loucura e acrobacia do protagonista. Uma viagem ao passado que mais amamos, cheia de humor, poesia, inocência, ritmo e cambalhotas que mudará o conceito que temos de trampolim.

A jornada cultural termina pelas 18h00, com o concerto da Orquestra Filarmónica de Braga ‘Summer Classics’ que apresenta um conjunto de temas clássicos bem conhecidos do público com ambiente fresco e requintado para um final de tarde muito aprazível. Uma viagem musical por vários compositores denotando-se em todos eles traços próprios e traços transversais da influência do seu tempo.

O concerto conta com as participações especiais do Coro da Associação Social e Cultural de Sobreposta e Grupo Coral de Sobreposta.

De acordo com a Câmara de Braga, “o Descentrar não é apenas um programa, mas um movimento de descentralização cultural que procura fortalecer a democracia cultural. Através de práticas artísticas transformadoras, visa impactar os territórios, aumentando a sua visibilidade, e transformar a experiência dos visitantes, reinventando as narrativas associadas a cada lugar”.

[email protected]

 

 

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS