REGIÃO -
Governo cria residência para vítimas de violência doméstica em Viana do Castelo

Viana do Castelo é um dos concelhos que recebe uma de três novas residências para acolher mulheres vítimas de violência doméstica ao abrigo de um concurso lançado pelo Governo.

Em nota, o do gabinete da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, são lançados esta semana avisos de concurso no valor de 2,3 milhões de euros de fundos europeus para a abertura das residências.

Segundo a mesma nota, as novas casas terão capacidade para 120 mulheres, com mais de 65 anos, nas regiões Norte, Centro e o Alentejo.

PUBLICIDADE

Os beneficiários destes apoios foram estabelecidos através de um protocolo de cooperação entre as Câmaras e instituições particulares de solidariedade social de Viana do Castelo, Mangualde e Grândola. 

No projecto participam ainda a Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, o Instituto da Segurança Social e a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.