REGIÃO -
Greve de trabalhadores das cantinas escolares deixa 60% dos alunos de Barcelos sem refeições

Cerca de quatro dezenas de trabalhadores das cantinas escolares estiveram em greve esta terça-feira de manhã contra a falta de condições de trabalho, deixando mais de 60 por cento dos alunos das nove cantinas da escola 2/3 e Secundárias de Barcelos sem refeições.

Concentrados em frente da Câmara Municipal, que assumiu as competências escolares este ano, os trabalhadores exigiram a contratação de todos os trabalhadores que trabalharam no ano lectivo anterior e o pagamento das compensações juntamente com a reposição de pelo menos 25 horas semanais.

PUBLICIDADE

Recorde-se que autarquia concessionou à Uniself a concessão para a gestão das cantinas escolares.

O sindicato do sector convocou para a próxima segunda-feira uma outra greve, desta vez de carácter nacional.