DESTAQUE -

DESTAQUE - -
Monjas Cistercienses de Rio Caldo arrecadaram 1º prémio de melhor compota em Alcobaça

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um grupo de Monjas Cistercienses de Rio Caldo, que desde 2005 se encontram no Santuário de S. Bento da Porta Aberta, arrecadou, esta quinta-feira na XXI Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais” – a decorrer em Alcobaça até domingo – o primeiro prémio de melhor compota.

Até ao momento são a única comunidade de Monjas Cistercienses em Portugal, seguindo a regra de S. Bento, “Ora et Labora”. Esta comunidade, constituída por apenas três elementos, tem vindo a arrecadar o primeiro prémio de melhor compota nesta mostra internacional desde 2016. Este ano não foi diferente e ganharam novamente o primeiro prémio, com a sua compota de mirtilo.

XXI MOSTRA INTERNACIONAL DE DOCES & LICORES CONVENTUAIS

PUBLICIDADE

O monumento classificado Património da Humanidade pela UNESCO desde 1989 será o paraíso dos doces por estes dias. Participam nesta mostra mosteiros e pastelarias que marcam presença trazendo até quem o visita o melhor da doçaria.

Dos 32 que compõem a comitiva portuguesa, metade são da anfitriã Alcobaça. A produção estrangeira chega de Espanha, França e Bélgica. Em destaque encontram-se a sua herança secular dos monges e monjas de Cister, ordem que este ano tem a maior representação de sempre.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS
PUBLICIDADE